Photo + Travel | Pelos Caminhos de Lisboa

Lisboa Menina e Moça...

Começo a afeiçoar-me a esta cidade e aos seus arredores. Normalmente passam-se meses entre as minhas [para já poucas] visitas a Lisboa, mas nos útlimos tempos estas têm-se repetido com alguma frequência, por questões de trabalho e de lazer. E confesso que adoro que assim seja! Quem me tirar o meu Porto tira-me tudo, mas quem me impedir de ir a Lisboa de vez em quando também vai ter problemas sérios.

Embora saiba que conheço os cantinhos turísticos e pouco mais, e que este post poderá ser chatinho para quem conhece bem a cidade, vou dar-vos uma espreitadela nos lugares que já visitei e de que mais gosto. Gostava também de saber quais são as vossas sugestões de spots para visitar em próximas visitas e conhecer a verdadeira alma da cidade, lugares para comer, ver eventos interessantes, beber um copito com uma vista bonita...sei lá eu! Sugestões aceitam-se!





A BAIXA

Luz. Para mim, é isto. Adoro a luz de Lisboa e o pôr do sol entre os edifícios no Verão. 
Adoro as avenidas largas e organizadas, a correria da Avenida da Liberdade, a Rua Augusta cheia de turistas e pessoal a fazer umas coisas giras para ganhar uns trocos. O Chiado sempre cheio de gente, o Rossio sempre com malta lá sentada sabe-se lá a fazer o quê e a olhar para o Teatro Nacional D. Maria II e o Elevador de Sta. Justa sempre com um batalhão de turistas a fotografá-lo desesperadamente como se ele fosse desaparecer a qualquer momento, tal como fazem com os lindos eléctricos que percorrem a cidade. O Castelo de S. Jorge com a sua vista magnífica sobre a Baixa e as ruas com edifícios de uma arquitectura tão pensada e tão bonitos que me fazem agradecer ao Marquês de Pombal por ter resolvido bem o problema do Terramoto de 1755.



BELÉM

Esta é a zona que menos me apaixona pela quantidade de turistas sempre numa azáfama, mas que por outro lado adoro pela carga cultural que tem em si. O Palácio Nacional de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos, o Centro Cultural de Belém [ida a Lisboa não conta se não passar por lá!], o Museu dos Coches, o Padrão dos Descobrimentos, a Torre de Belém. Não há como negar que, olhe-se para onde se olhar, há história e cultura por todo o lado. (E Pastéis de Belém também!)


Deixem-me só fazer um apelo: QUERO UM MUSEU COMO O CCB DE ENTRADA GRATUITA NO PORTO! Berardo? Please? *Puppy eyes* ... jubentude nortenha, o que conhecem cá para estes lados que se possa visitar? Informação nunca é demais!


LX FACTORY

Sou uma junkie por sítios reabilitados, reaproveitados, e reavivados (ou não fosse a reabilitação urbana a minha paixão como eng. civil). Portanto, juntando isto ao espírito irreverente, jovem, descontraído e ao mesmo tempo trabalhador que se vive aqui...já podem imaginar que adorei este lugar. Confesso que estava à espera de ver mais espaços abertos, mais gente, talvez, mas suponho que passei por lá em "dia mortiço". Ainda assim, a visitar de novo, e com mais uns trocos na carteira da próxima vez para poder comprar umas coisinhas.



ZOO DE LISBOA

Oh boy. Oh boy oh boy oh boy. Às vezes sou uma autêntica miúda. Não guincho um "que fofinhooo!" com facilidade, mas é meterem-me um bicho à frente, ainda por cima fotogénico, e pumba, lá vem a Joana de 13 anos à superfície (e não, nem é preciso ser um gato!). Isso ou um animal imponente, que me faça ficar colada nele a pensar "mas que raio estás tu a fazer dentro de uma jaula?!". 
Pois.


Se por um lado acho o Zoo um local óptimo para alertar para os problemas que existem (muitos provocados pelo próprio homem) e para incentivar e promover a preservação das espécies, por outro lado não consigo deixar de pensar que há animais que existem livremente por esse mundo fora, sem precisar de "conservação in jaula" e que estão sujeitos a condições que nada têm a ver com o seu habitat natural, fechados num espaço exíguo...qual é a vossa opinião sobre isto?


Anyway, os meus parabéns ao Zoo de Lisboa por terem a bicharada tão bem tratada - porque de facto têm - e pelos esforços que fazem para preservar e alertar para os riscos que a fauna deste nosso cantinho no Universo corre.


SINTRA
(Sim, para mim qualquer visita a Lisboa inclui ir a Sintra)

Abençoada seja a alminha que se lembrou de ocupar aquele altinho lá na serra! (Foram os mouros os primeiros? Não faço ideia!)


É provavelmente dos meus sítios preferidos neste país. Tão pitoresca, tão acolhedora, tão, mas tão, tão bonita. E sempre com gente, animada e viva em períodos turísticos, mas calma e recolhida em períodos menos requisitados - e ainda assim linda. Durante a noite tem um je ne sais quoi meio místico - e ainda não ganhei coragem para subir para lá da Vila durante a noite, embora já tenha tentado! Histórias... (se conhecerem daquelas bem creepy contem lá em baixo!)
As casas são lindas, com a sua arquitectura e estilo tão próprios, as ruas são acolhedoras, as praças frescas e iluminadas, e há a sensação de que estamos numa terra digna de histórias dos livros.



SERRA DA ARRÁBIDA

Passeei por lá pela primeira vez este ano, e fomos directos ao Portinho da Arrábida para umas horinhas de praia tão relaxantes e precisas. A paisagem selvagem, o ruído da serra atrás de nós e o murmurar das [mini-]ondas do mar à frente, a água límpida, fresca como se quer quando o tempo cá fora escalda...tão bom! Só é pena que nesta altura a praia fique com muita gente (nada comparado com o Algarve, claro) mas imagino que no início ou no fim do Verão deve ser absolutamente maravilhosa.


Fica o desejo de voltar e explorar melhor a Serra da Arrábida!

...
O OUTRO LADO

Ok, Lisboa, principalmente na Baixa, tem duas ou três coisas que me deixaram de pé atrás. 
1. A sujidade. Oh pessoal. E limpar a calçada? Podiam ter uma cidade TÃO mais bonita! Calçada cinzenta, que devia ser preta e branca, montinho de lixo aqui e ali...kinda sad
2. Os turistas. SIM, eu era turista. Mas não gosto muito quando vou a algum lado e é TUDO para os turistas. O ano passado a Rua Augusta era uma rua pedonal, larga, com pessoas. Este ano era uma rua larga com esplanadas, cadeiras e um bando gigante de ingleses e alemães. Venha o dinheirinho deles que a economia bem precisa, mas ao menos ponham as esplanadas mais pequeninas, caramba...


3. Os sem-abrigo. E com esta não dá para brincar. Só este ano é que me apercebi que, se este já é um problema grave na Baixa do Porto, na de Lisboa é muito pior. E fez-me pensar se não estará na altura de pensarmos na sociedade que temos e nas escolhas que fazemos. Não querendo entrar pelo campo político, mas já o fazendo, por favor tomem uma decisão consciente nas próximas eleições. 


And to clear up the mood...

ONDE COMER?

E para terminar em bom, locais para alimentar o corpo, depois de alimentar o espírito. Nopes, não vou fazer uma lista exaustiva. Deixo a sugestão de três sítios onde fui que me deixaram feliz e contente.

GULLI MERCATO, Mercado da Vila, Cascais

Italiano, coisa boa, pizza maravilhosa com a massa mais fininha que já provei, pasta deliciosa, e um ambiente muito, muito agradável com uma decoração super cosy e moderna ao mesmo tempo. Para italiano, tem preços simpáticos - se não forem esfomeados, uma pizza dá para dois. (Não, não fotografei a comida, tinha demasiada fome!)



CAFÉ NA FÁBRICA, Lx Factory, Lisboa

Um espaço super girly - oh pá, desculpem, mas é. E é lindo, mesmo para um macho latino ir. Um interior muito kitsh, uma esplanada linda, verdinha e um bocadinho mágica, eu diria. A pasta que comi, confesso, estava um bocado "deslavada" para o meu gosto, mas para quem gostar de sabores mais suaves, recomendo. Já a limonada, fantástica. Facilmente iria para aquelas mesas fortes passar uma tarde a estudar, com uma bela de uma limonada ao lado.



HARD ROCK CAFE LISBOA, Avenida da Liberdade, Lisboa

BABEI. Bloggers Camp, meninas, obrigada por arranjarem um sponsor tão espectacular!
Confesso, não estava à espera. Pensei que valia a visita pelo espaço. Só. Mas, surpresa das surpresas, para além de o espaço ser absolutamente es-pec-ta-cu-lar, a comidinha é qualquer coisa de outro mundo para os gulosos e meat-lovers como eu. Não há fotografia que mostre, a sério.
Além disso, é impossível não adorar olhar para o lado e ver guitarras cheias de história, camisas com muita pinta usadas pelos melhores dos melhores, álbuns, cds, fotografias e sei lá eu mais o quê, tudo isto ao som de excelente música.
Malta, a sério. Juntem uns trocos (vão precisar), vistam o vosso melhor look de rockstar (ou não), e vão comer um belo de um jantar ao Hard Rock Cafe Lisboa. Até o atendimento é impecável!!!


E na próxima visita? Onde devo ir?


12 comentários :

  1. Não conheço bem Lisboa mas vou lá de vez em quando (com espaço de anos, normalmente) e gosto sempre, acho que é uma cidade especial, com uma luz bonita :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, a luz, há ali qualquer coisa... :)

      Eliminar
  2. Aiiiiiiii Lisboa ♥
    Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiintra ♥♥
    (E brevemente...) Aiiiiiiiiii Poooooorto ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiii vens cá, moça? É desta??? :D Francesinhas? :p

      Eliminar
    2. Estou a pensar, seriamente, em ir em Setembro. Uns quatro diazinhos :D
      Francesinhas e tudo aquilo a que tenho direito :p

      Eliminar
    3. Anda anda anda anda!!! :D Tudinho, acho muito bem, e vais ter que dar umas voltas comigo :p

      Eliminar
  3. Vou na 6ª aproveitar o voucher BC ao Hard Rock... e até me deixaste a salivar ;)

    Páh, somos mesmo do Porto.
    Esses são os locais e os detalhes que mais me marcam e já cá estou há quase ano e meio! :)

    Ana, devias era ir ao Porto e avisar-me também ;)
    Assim faziamos mini-gathering em "Casa" :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vais adorar! eheheh :D

      YES PLEASE! :D

      Eliminar
    2. Considerem pré-agendado! Oupes, toca a vir ao Nuorte :p

      Eliminar
  4. Adorei as tuas descrições...e as fotos...que fotos! <3 Também sou como tu no zoo...excepto que eu pareço ter 3 anos em vez de 13! :p E concordo contigo quanto aos zoos...tem tanto de bom quanto de mau! :/

    Temos de combinar um cafézinho um dia destes pah...um encontro fora do consultório! ;)

    beijinhos, Nádia
    My Fashion Insider

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Muito adultas nós ahah :p fossem todos os Zoos como o de Lisboa e a coisa até não estava assim tão mal...

      Siiim :3 este mês ando com um relatório em mãos que me vai fazer morrer para o mundo, mas depois disso considera combinado! :D ***

      Eliminar