Fórum de Ideias | Votar: Direito ou Dever?

Com o aproximar das Eleições Legislativas do próximo dia 4 de Outubro, o meu Eu Político não pode deixar de mandar umas postas de pescada.


Grupos que integram a Pólis. A Cidade, a Comunidade. Relativo aos cidadãos. A Nós. Cidadãos. Neste caso, relativo aos Cidadãos Portugueses que atravessam, sem dúvida alguma, um dos períodos mais controversos dos últimos anos - isto à minha escala temporal de 24 anos, claro.

Em quem votar? Tenho as minhas ideias, mas não é isso que venho aqui discutir. Compreendo que o panorama político actual não é propriamente entusiasmante para grande parte dos portugueses, mas o que não consigo compreender é a atitude dos "Não-Apreciadores-de-Política".

A política é muito mais do que "são todos iguais", "são todos uns mentirosos", "é mais do mesmo" e "não vale a pena".
A política é feita todos os dias por cada um de nós, ao expressarmos a nossa opinião, ao ouvir e considerar a opinião dos outros, ao lutarmos pelos nossos ideais, sejam eles quais forem e em qualquer assunto, ao estarmos atentos ao que se passa à nossa volta e às decisões que permitimos - ou não - que outros tomem por nós.

Sem querer dar lições de moral, mas ainda assim sabendo que as estou a dar: como é possível termos tido gerações e gerações a lutar pelo nosso direito de ter Voz, de ter opinião, a perder a sua Liberdade e a Vida por isso, e virmos agora nós, fresquinhos como alfaces do alto da nossa vida sempre vivida em Liberdade e em plena Democracia, e decidirmos que temos o direito de não querer saber (esta especialmente dirigida aos jovens)? Como é possível não "gostarmos" de algo com que temos que lidar todos, mas TODOS os dias, que influi mais do que podemos imaginar - ou sentir no bolso, na cabeça, na nossa saúde - e simplesmente não estar interessado em ter uma opinião?

Embora não sirva de nada, se não gostam de ninguém, deixem o vosso voto em branco. Sempre serve de expressão de descontentamento. Façam-se ouvir de alguma forma. Se têm uma preferência, expressem-na. Não deixem que a abstenção volte a ser a grande vencedora. Não deixem os outros escolher por vocês. Não em algo tão sério e que vai dizer tanto sobre o vosso futuro - não, não acredito que sejam "todos iguais".

Não custa nada, são 10 minutos do vosso Domingo, e nem é complicado - vejam aqui o que têm que fazer se ainda não sabem o vosso número de Eleitor ou onde votar, e esclareçam todas as vossas dúvidas aqui.

Por nós? Vá lá?


11 comentários :

  1. Votar tem tanto de direito como de dever.

    ResponderEliminar
  2. É como a Ana diz. É um direito que temos, de "fazer ouvir" a nossa vontade. E é também um dever que temos para com a nossa sociedade porque somos nós que vamos determinar que nos vai governar. Eu vou sempre!
    Existem aquelas pessoas que é como dizes "não vale a pena" ou "não me interessa nada isso"... Mas depois queixam-se do que o governo vai decidindo e aplicando. Dos impostos, das taxas... Mas deviam pensar que em nada contribuíram para ser diferente. Ou então, talvez pior, votaram neles sem consciência e agora mandam vir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo!!! É um privilégio e ao mesmo tempo uma responsabilidade enoooorme - se há ocasião em que "a união faz a força", é esta. E confesso que tenho um ódiozinho de estimação pelos momentos de "queixume" desse pessoal que na altura de eleições diz que não quer saber lol

      Eliminar
    2. Esse pessoal do "não vale a pena" e do "não me interesso por política" ou ainda os "os políticos são todos iguais" e não vão votar por causa disso estão a escolher a única hipótese que deixa tudo na mesma. Se se queixam, que façam algo para mudar! Vão votar noutro partido que não os dois "grandes", criem partidos, alistem-se num e tentem mudar algo dentro dele, mandem o bitaite num blog, no facebook..existe mil outras hipóteses de provocar a mudança, no entanto escolhem a ÚNICA que não muda nada e que deixa com que os políticos continuem a ser "todos iguais".

      Eliminar
    3. Yup, José, é isso mesmo! E falar é fácil - é preciso é garantir que mandar os bitaites é seguido de uma ida às urnas, nem que seja para reclamar - embora eu defenda o voto sem ser em branco ou nulo! É preciso é fazer alguma coisa!

      Eliminar
  3. Fico muito feliz de não ter sido a única a usar o meu cantinho para apelar ao voto! Adorei o teu blog e com certeza passarei a seguir. Beijinhos

    Glamour in a Bottle

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Liliana! Já que temos o nosso espaço, há que o usar para defender aquilo em que acreditamos! :)

      Eliminar
  4. Direito, dever. Privilégio. Espero sinceramente que não seja preciso perdê-lo, para que seja devidamente valorizado. bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disseste tudo! Ainda estava com esperança de que desta vez as pessoas se levantassem do sofá, mas parece que voltamos ao mesmo...

      Eliminar