Personal | Tempo para Mim

Há algo que nos últimos tempos se tem tornado evidente na minha cabeça: preciso de tempo para mim. Definido por mim, com as minhas prioridades, com as minhas vontades, e sem compromissos, cobranças ou justificações. Tempo para, de vez em quando, não pensar em nada e pensar em tudo o que eu quiser, e não o que me é imposto.

Beach Throw - c/o Rosegal

Kimono - c/o Rosegal

Às vezes é mesmo preciso parar. Deixar o som ser o único estímulo, ou a criatividade fluir através dos nossos dedos. Ou então sair da rotina, parar de pensar no trabalho, nos compromissos de todos os dias, e explorar novos caminhos, ideias e desafios. Respirar. Cheirar o mar. Observar as almas que fazem o mesmo que eu - seja de cana de pesca na mão ou com um mergulho na água gelada.



Tirar um fim-de-semana para partilhar ideias, experiências e emoções com pessoas com quem me identifico, indo à aventura "sozinha" mas sempre em muito boa companhia. Depois, descansar de toda a socialização com um passeio até à praia, mesmo com ameaça de chuva, de câmara fotográfica numa mão e um livro na outra. Eu, o vento, o mar, e mais ninguém. Chegar a casa depois de um dia de trabalho, ouvir música e deixar-me adormecer se assim me apetecer. Dar-me ao luxo de me deitar tarde enquanto me divirto a editar fotografias só na companhia dos meus gatos.


Num mundo doido como o que temos, muitas vezes esquecemo-nos de cuidar de algo bem mais importante do que cumprir todas as tarefas que marcamos para um só dia ou de atingir os objectivos que nos impõem. Esquecemo-nos de nós, esquecemo-nos de estar. Só estar, e deixar que isso nos corra nas veias. Não sou a pessoa mais zen do mundo - quem me conhece sabe-o bem - mas é algo que tenho aprendido aos poucos. Não é preciso estar sempre a correr, e perceber isso ajuda-me a perceber também o que é mais importante.

Aproveitem bem o vosso tempo! <3

As peças marcadas com c/o foram gentilmente cedidas pela marca. O conteúdo publicado é da minha autoria e a minha opinião honesta.


12 comentários :

  1. Eu sou um pouco assim também. De lés a lés preciso de uma pausa, ou praticamente deixo de funcionar!
    THE PINK ELEPHANT SHOE //

    ResponderEliminar
  2. Estou a precisar do mesmo! Este mundo caminha muito rápido e sou engolida, empurrada e arrastada por ele. Estou a perder tantas coisas boas que tinha há uns anos: estou a ficar adulta - e não estou a gostar disso.
    Um beijinho enorme já com saudades *
    http://umachavenadecharme.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Esse é mesmo um dos meus mandamentos: arranjar tempo para mim e saber lidar com os momentos de "não fazer nada". E é tão bom assim.

    Beijinho, minha Jiji

    The Brunette's TofuInstagram

    ResponderEliminar
  4. Faz maravilhas quando tiramos tempo só para nós e para os nossos pensamentos. Gostei muito da publicação e das fotografias :)

    ResponderEliminar
  5. Sei perfitamente o que queres dizer e sabe tão bem.
    Desligar e ter um tempo apenas para nós.
    E adoro este teu kimono também (e as fotos estão TOPPP) :)
    Beijinho

    CHICREACTION.com

    ResponderEliminar
  6. Digo sempre isso que disseste mais para o final: "não sou a pessoa mais zen do mundo". Contudo, até eu sinto que preciso de parar às vezes. É natural e devemos ouvir quando o nosso corpo e mente nos pedem essa pausa. A minha virá no próximo mês sob a forma de férias, mas até lá conto aprender a descansar e desligar de formas que possa integrar na rotina.

    Adorava estar perto da praia, por exemplo... Oh well. Sortuda! :*

    Joan of July

    ResponderEliminar
  7. humm.... quando foi a última vez que ao inspirar, sentiste o ar a entrar e a preencher lentamente os teus pulmões? uma inspiração tão profunda que te faz um "lift in the heart"? é quase tão bom como sentir os primeiros raios de sol a aquecer as palpebras..uns bons beijinhos do sol :) pequenos grandes momentos de felicidade
    obrigada joaninha por esta "pausa" ;)

    ResponderEliminar
  8. As fotografias estão super lindas!
    Muitos beijinhos,
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Tens toda a razão. Num mundo como o nosso, que está sempre numa correria, às vezes é preciso para e "estar", como dizes.
    Gostei imenso das fotos, beijinho
    Six Miles Deep

    ResponderEliminar